quarta-feira, 28 de novembro de 2012

Gentileza


Um dia, duas situações.

Momento um: eu e Marina saímos da creche e estávamos indo para o shopping da Gávea, de carrinho, passando em frente ao Jardim Botânico. Tinha uma obra e uns quatro caras trabalhando. Quando vi aquilo lá na frente, já fiquei meio mal humorada. A obra ocupava um pedaço enorme da calçada e eu não conseguiria passar com o carrinho de bebê. Qual não foi minha surpresa quando, chegando mais perto, eles foram super atenciosos e levantaram os tapumes, para dar espaço para eu passar com o carrinho. Resultado: sorriso no rosto e agradecimento sincero.

Momento dois: voltando do shopping da Gávea, entrei num táxi, com o bebê no colo. O motorista parecia simpático e normal, mas era totalmente alucinado. Saiu correndo em meio aos carros, fechando todo mundo, freando bruscamente. Se eu estivesse sem bebê, já não teria gostado de como ele dirigia. Com bebê então, fiquei com medo dele e da direção.

Moral da história: a gentileza vem de onde você menos espera! Pratique!

Nenhum comentário:

Postar um comentário